quarta-feira, 9 de março de 2016

"Voos Picados" de CarlosBondoso




O livro de poesia de Carlos Bondoso “Voos Picados”, conforme o próprio título indica, eleva as palavras ao expoente máximo de sequências imagéticas num movimento etéreo balizado entre o sofrimento, o amor, o sonho, a injustiça e a esperança. […]

[…] Não se trata de um voo passivo, mas de uma viagem agitada, onde a manifestação linguística “galga a dimensão do pensamento”, impugna, contesta e mescla-se em várias frentes, animadas em planos horizontais e verticais para apreender a verdade escondida “no ventre da noite”, questionar e denunciar “a miséria que apaga a luz da alma”.

[…]
Voos Picados é uma composição poética, um espaço onde a linguagem verbal surge de forma a veicular a ideia de que os obstáculos podem ser transpostos, pois o ambiente não é estagnado, mas antes está em movimento, pois adquire um envolvimento ético, no sentido de prevenir, de denunciar, de depositar a esperança na humanidade. […]

[…] Há uma constante procura de cristalizar sentimentos, relações humanas, vivências individuais e coletivas, uma busca incansável de uma solução para um mundo que parece desfazer-se em cada estrofe e, no entanto, na seguinte, espreita uma luz ténue, de esperança.


Lynda Carvalho